INFORMATIVOS

Aposentadoria: veja qual é a sua situação

Além de ter que fazer um monte de contas para saber se tem tempo de contribuição e idade mínima para fugir da reforma da previdência social, o trabalhador ainda tem que torcer para o Congresso demorar para votar esta reforma.



Esta bagunça toda que o Brasil está vivendo e que barrou a reforma da previdência está ajudando quem está na bica da aposentadoria: Santo Joeslei.



Mas como não podemos ficar sempre contando com a sorte, reestudei o assunto e identifiquei três tipos de trabalhadores: aqueles que já podem se aposentar e têm a pontuação necessária para pegar o benefício sem o fator previdenciário (85 pontos para a mulher e 95 pontos para o homem); aquele que tem o tempo, mas ainda não atingiu a pontuação; e aquele que ainda não tem o tempo de contribuição mínimo para se aposentar.



 




Trabalhador que já atingiu a pontuação



 



A mulher com 30 anos de contribuição e 55 anos de idade, e o homem que tem 35 anos de contribuição e 60 de idade, já podem se aposentar sem o fator previdenciário (85/95 pontos, resultante da somatória da idade e tempo de contribuição).



Para essas pessoas, exceto em situações raríssimas, chegou a hora de aposentar. Se tiver dúvidas, faça seu laborgrama e leia o artigo da semana passada “E agora, como fica a reforma?” que está neste link: http://www.aposentfacil.com.br/direito.php?id=35



 




Quem não atingiu a pontuação



 



O trabalhador que possui o tempo de contribuição, mas não atingiu os 85/95 pontos, também pode se aposentar, mas neste caso terá a redução do fator previdenciário (expectativa de vida).



Fiz uma simulação de um homem com 35 anos de contribuição (que já pode se aposentar) e 53 anos de idade (média com a qual normalmente o brasileiro se aposenta).



Se pegar a aposentadoria agora, o valor do benefício será 35,65% menor. Se ele esperar a nova lei, teria o benefício dois anos depois, por causa da idade mínima que passaria a ser exigida (55 anos de idade).



Caso o segurado parar de contribuir e esperar a idade mínima chegar o valor do benefício reduziria apenas 13% e se continuasse contribuindo a perda seria menor ainda: 7,5%.



Em alguns casos, dependendo da idade mínima, vale a pena esperar a reforma da previdência para conseguir uma  aposentaria maior.



 




Próxima semana



 



Na próxima semana vou mostrar uma tabela e ensinar como calcular o valor do benefício com base nas novas regras da proposta da reforma e escrever sobre as pessoas que ainda não têm o tempo mínimo para se aposentar. 



Aposentfácil 2017 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: TECLABS